quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Projeto Baú de Leitura



Objetivando conhecer melhor as histórias de pessoas africanas, as diferenças e características físicas existentes entre elas e,  identificar  a nossa própria cor, tipo de cabelo, nós trabalhamos a deliciosa história O CABELO DE LELÊ de Valéria Belém . 

Preparamos o ambiente, espaço sala de aula o qual estava tipicamente caracterizado para iniciarmos as leituras.

Professora Afalúcia e professora estagiária Sheila que no momento estava realizando a primeira etapa de estágio do curso de Pedagogia pela faculdade FACE.

  
                                        Valéria Belém

Objetivos

Promover a oportunidade das crianças refletirem sobre as diferenças que existem entre as pessoas.
Eliminar preconceitos.
Perceber a necessidade que todos/as tem em ser aceito/a nos grupos em que participam.
Valorizar a vida.

Conteúdos:

Quem sou eu?
Atividades orais sobre as muitas diferenças que podemos apresentar como, religião, cor, peso, óculos, deficiência física, posição social, ser bonito, ser feio, chinês, atleta, lenta, rápida, braba, caprichosa, etc.
Contação de histórias partindo do livro: O Cabelo de Lelê
Menina Bonita do Laço de Fita
O Patinho Feio.

No transcorrer das aulas a professora estará observando os seguintes tópicos:

  • O que o aluno poderá aprender com esta aula.
  • O aluno deverá ser capaz de: Interpretar a história lida pela professora “Cabelos de Lelê”- Valéria Belém e elaborar um texto falando sobre Lelê.
  • Criar outra história, envolvendo a personagem Lelê.
  • Dramatizar a história criada pela turma.

Duração das atividades

Três momentos durante três dias da semana.
Conhecimentos prévios trabalhados pela professora com o aluno
Ler e interpretar histórias;
Opinar sobre a história contada;
Ter criatividade em elaborar outra história a partir da que foi apresentada;
Ter desenvoltura ao dramatizar a história;   

Recursos para realização das atividades:

Canetinhas
giz de cêra
 cola,
 tesoura
revistas
papel metro
livro.

 Avaliação:

Ao trabalhar o Livro O Cabelo de Lelê estará atingindo os objetivos, se todos participarem das conversas e das atividades e também poderá ser observada a relação entre os colegas da turma.


Para introduzir o assunto:

Será apresentado o Livro O cabelo de Lelê de Valéria Belém (Lelê não gosta do que vê. - De onde vêm tantos cachinhos? Ela vive a se perguntar. E essa resposta ela encontra num livro, em que descobre sua história e a beleza da herança africana.)

Após a leitura conversaremos sobre as diferenças existentes entre as pessoas. Todos poderão falar e dar sua opinião.


1ª atividade:

A professora propõe a turma uma contação de historia do livro: “Cabelos de Lelê” – Valéria Belém -  Editora Nacional.

Os alunos deverão sentar-se em roda para ouvir a história que a professora contará.
Após a contação da história, a professora fará algumas indagações para  a turma:
Como é o cabelo de Lelê?
Quais são as características principais de Lelê?
Por que Lelê apresenta tais características?
Qual será a razão de Lelê apresentar tais características?  
 Na sala de aula existe algum colega que apresente tais características?
Você se identifica com as características de Lelê?
Você gosta do que vê?

Em seguida a professora poderá pedir que cada aluno justifique sua resposta com vistas a criar um pequeno debate, tanto no que se refere a multiplicidade de olhares como de envolvimento da turma com o tema.
  Solicitará que os grupos de maneira lúdica experimentem explorar os cabelos de Lelê.   


2ª atividade:  

 Após a brincadeira, a professora solicitará aos alunos que elaborem um texto   contando da Lelê criada por cada um deles, de forma individual  e com ilustração em uma folha de caderno meia pauta.
No segundo momento, a professora pedirá que os alunos oralmente, criem outra  história de Lelê, obedecendo a ordenação e seqüência dos fatos ( começo, meio e fim ).


3ª atividade:   

Construção de um gráfico para identificar a cor e o tipo do seu cabelo: enrolado, encaracolado, redondo, liso, trançado, entre outros.   Nessa aula ainda enfatizaremos a importância que: Se todo mundo fosse igualzinho, o mundo não teria graça, mas só reconhecer que as pessoas são diferentes não basta. É preciso respeitar as diferenças.
.   
Em seguida a turma irá confeccionar a capa do livro juntamente com a professora.
Após a construção do livro, a turma apresentará de maneira lúdica e encerrará com um desfile mostrando a beleza não só do cabelo, mas da criança enquanto um ser que merece respeito mesmo com todas as diferenças sociais, políticas e culturais.






Lelê não gosta do que vê - de onde vem tantos cachinhos? Ela vive a se perguntar. E essa resposta ela encontra num livro, em que descobre sua história e a beleza da herança africana.





Iniciei a história com vários questionamentos voltados para as crianças os quais me surpreenderam bastante:










Em sala, após nova interpretação oral, cada criança recebeu uma folha de papel ofício para recortar e criar o rostinho de cada um, fazendo uma auto análise do seu jeito de ser.

Depois, utilizamos um papel metro branco para colar os rostinhos feitos por ele em forma de um mapa mundo.
Cada aluno  contribuiu de maneira bastante significativa.











Desfile: As crianças mostrando a sua beleza e  o seu jeito de ser:







                           

                                Apresentação do livro













2 comentários: